Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Dos primeiros escritos sobre administração escolar no Brasil aos escritos sobre gestão escolar: mudanças e continuidades

Neila Pedrotti Drabach e Maria Elizabete Londero Mousquer

Veja o Artigo

Resumo

Esta pesquisa problematiza o campo em que se situa a institucionalização da “Gestão Democrática do Ensino Público”, assegurada como princípio da educação pública em 1988, através da Constituição Federal. Esta normativa introduz um novo tipo de organização escolar, não mais calcado nos pressupostos da Administração, mas, sim, nos princípios da Gestão, entendidos como mais democráticos. Diante disso, utilizando como procedimento a pesquisa bibliográfica, apresenta-se a proposição de retomar a constituição teórica do campo em que se assenta esta normativa, a fim de identificar e compreender as concepções teóricas pioneiras que edificam as bases da administração escolar no Brasil; situar o contexto em que se constrói a crítica ao modelo de administração escolar e se gesta os princípios da gestão escolar; e identificar os elementos que convergem à institucionalização da gestão escolar democrática, demarcando as mudanças e continuidades em relação às primeiras elaborações deste campo.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2011. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões