Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Os saberes docentes de futuros professores de História: a especificidade do conceito de tempo

Marlene Rosa Cainelli

Veja o Artigo

Resumo

Tendo como referência de pesquisa os relatórios de estágio do curso de História da Universidade Estadual de Londrina, pretendemos, neste artigo, discutir com quais concepções de tempo histórico os estagiários do curso de História trabalham durante a experiência de estágio supervisionado no Ensino Fundamental e no Médio, no período compreendido entre a década de 80 do século XX e o início do século XXI. As análises deram-se a partir da investigação dos planos de aula e dos textos utilizados pelos estagiários em sala de aula com os alunos. Também investigamos como as concepções temporais são apresentadas nas preparações das aulas, tentando verificar qual relação estabelecem com as reformulações curriculares e com as propostas de mudanças do ensino de história a partir da década de 1980, com o objetivo de perceber se as transformações na historiografia e no ensino de história influenciaram a forma como os estagiários trabalharam as noções de tempo durante a experiência do estágio.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2011. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões