Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Política de currículo: recontextualização e hibridismo

Alice Casimiro Lopes

Veja o Artigo

Resumo

Neste artigo, é desenvolvida a análise das tensões encontradas na articulação entre os conceitos de recontextualização (Bernstein, matriz estrutural) e hibridismo (teorias da cultura e estudos pós-coloniais, matriz pós-estrutural) na pesquisa sobre políticas de currículo baseadas em Stephen Ball. Considerando o questionamento às marcas binárias e verticalizadas da recontextualização, bem como o questionamento à celebração dos hibridismos como superação das opressões pós-coloniais, é defendido ser possível a associação desses conceitos, marcando a articulação entre cultura e política na negociação incessante que produz as políticas de currículo.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2011. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões