Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

O Neoliberalismo Global, a Resistência e a Deformação da Educação

Dave Hill

Veja o Artigo

Resumo

O artigo trata da desigualdade crescente nos sistemas sociais, educação e economia e suas relações num contexto de políticas do capitalismo neoliberal. A reestruturação da educação e do ensino aconteceu sob a pressão das organizações capitalistas locais e internacionais a governos submissos. O artigo examina alguns dos efeitos dessas políticas neoliberais que, hoje em dia, fizeram crescer as desigualdades em âmbitos global e nacional, diminuíram a responsabilidade democrática e sufocaram o pensamento crítico. Apresenta, ainda, uma crítica à teoria neoliberal na política educacional e descreve como a mercantilização da educação deformou-a em vários aspectos: em suas metas, motivações, padrões de excelência e padrões de liberdade. O capital e as ideologias e políticas neoliberais visam neutralizar e destruir bolsões potenciais de resistência à expansão global corporativa e ao capital neoliberal, servindo para perpetuar os interesses destes às custas da classe trabalhadora nacional e global. A intrusão do capital na área de educação ameaça solapar um importante espaço para a sua contestação. O trabalho conclui voltando-se aos espaços de resistência à deformação neoliberal global do processo educativo e da sociedade, convocando os trabalhadores na área da educação e outros trabalhadores culturais a lutarem pela igualdade econômica e social.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2011. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões