Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Política de re-territorialização: espaço, escala e docentes como classe profissional

Susan L. Robertson

Veja o Artigo

Resumo

Este artigo, utilizando escala, espaço e território como quadro conceitual, busca explorar a mudança das relações de classe social para o professorado como resultado da reestruturação, juntamente com as implicações estratégicas das lutas políticas organizadas pelo magistério e os meios tradicionais de apresentação de seus interesses. Inicia, primeiro, com alguns comentários breves sobre globalização e reestruturação do estado e as conseqüências da transformação da relação entre professorado-estado-classe social. Considerando as conseqüências para o trabalho docente e para os/as docentes como fração da classe média, dos processos de reestruturação em desdobramento no interior dos estados nacionais e da economia global, um dos argumentos centrais deste artigo é que movimentos de escala ascendentes, descendentes, e para fora, envolvem mudanças nas relações de classe social para o professorado, como resultado das pressões crescentes provocadas pela onda expansionista de reestruturação naquilo que a autora denomina valores de classe dos professores.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2011. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões