Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Para Além das Políticas da Diversidade: interfaces da educação especial e da educação do campo

Washington Cesar Shoiti Nozu e Marilda Moraes Garcia Bruno

Veja o Artigo

Resumo

Este ensaio trata, a partir de teorizações pós-críticas, das interfaces da Educação Especial e da Educação do Campo, no âmbito das políticas educacionais brasileiras produzidas para o atendimento às demandas das diversidades. Para tanto, analisa os dispositivos e os regimes de verdade da Educação Especial e da Educação do Campo para, então, problematizar as suas interfaces e a constituição de outras miradas que questionem os essencialismos biológicos e culturais e multipliquem, na perspectiva das diferenças, os sujeitos, os tempos e os espaços educativos envolvidos nessa articulação político-pedagógica. Nesse processo, o texto compreende que “entre as faces” da Educação Especial e da Educação do Campo tem-se sujeitos, espaços e tempos educativos múltiplos. Assim, acena para a emergência do reconhecimento e do tensionamento das diferenças dentro das diferenças, com vistas à concepção das interfaces Educação Especial – Educação do Campo como tempos-espaços de negociações e de traduções culturais, nos quais identidades e diferenças são produzidas e posicionadas discursivamente nas relações de saber-poder presentes tanto nas políticas educacionais quanto no cotidiano escolar.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2019. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões