Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Lugar Docente de Psicopatologia em Cursos de Psicologia: biopolítica, governamentalidade e subjetividade

Conrado Neves Sathler e Márcia Aparecida Amador Mascia

Veja o Artigo

Resumo

A análise genealógica de uma amostra do lugar docente na disciplina de Psicopatologia de 51 cursos de Psicologia abrangendo, com acesso virtual, todas as regiões do país e Instituições de Ensino Superior públicas, privadas, confessionais e comunitárias permitiu apontar para a emergência de sujeitos voltados às demandas das Políticas Públicas das áreas de Saúde, Educação e Segurança, entre outras, e como suas produções acadêmicas se ligam a essas políticas. Permitiu também tocar sujeitos formadores em Psicologia engajados como profissionais em diversos campos de trabalho, lecionando no contraturno ou como professores de várias outras disciplinas que têm algo a dizer sobre a Psicopatologia. O objetivo foi buscar perceber as condições nas quais esses sujeitos emergem e como dispositivos biopolíticos os alcançam a serviço do govern(ament)o no controle das populações.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2019. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões