Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

A Evolução da “Diversidade Sexual” no Currículo Escolar Português: da revolução dos cravos ao neoconservadorismo

Hugo Santos

Veja o Artigo

Resumo

Com a emergência do neoconservadorismo a nível global, género e sexualidade estão hoje sobre ataque. As políticas públicas de educação e o currículo são o centro nevrálgico dessa luta e o contexto português não é exceção. Tem-se assistido, na esfera pública, por exemplo, à emergência de retóricas antigenderistas que procuram questionar os avanços LGBTI na sociedade. Contribuindo para o debate sobre os impactos do neoconservadorismo no currículo, e através de uma análise das alterações legislativas relevantes e do diálogo teórico estabelecido com autores/as de referência, este artigo explora a evolução da diversidade sexual no currículo escolar português, explicitando as condições que permitiram a sua emergência e discutindo os desafios colocados hoje pelos ataques reacionários aos direitos LGBTI no currículo. Espera-se, com este artigo, contribuir para tornar mais claro os desafios que se enfrentam num contexto particular.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2019. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões