Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

A Pesquisa Curricular na Virada Cultural Conservadora: os limites da normatividade curricular

Talita Vidal Pereira

Veja o Artigo

Resumo

Neste texto, a “virada cultural conservadora”, seus reflexos e os bloqueios que produz à ampliação das possibilidades democráticas, são assumidos como desafios a serem enfrentados a partir de uma postura desconstrutiva entendida a partir de perspectiva derridiana. Um processo em que a perplexidade, o medo e a insegurança frente ao acirramento do combate às diferenças, nos variados espaçostempos em que vivemos, precisa nos levar a uma reflexão radical quanto às certezas que nos movem. Em especial aquelas relativas às promessas de plenitude e emancipação humana que tendem a ser reafirmadas na teorização curricular, em geral subestimando o outro como presença. No texto é destacada a produtividade das contribuições de aportes pós-estruturalistas e pós-fundacionalistas para a produção de teorizações curriculares pautadas na defesa da pluralidade e da diferença como condição necessária para que o outro se torne presença. Uma aposta no processo de construção democrática entendido como devirque se opera necessariamente no vazio normativo.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2019. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões