Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

A Luta Política para a Construção de Currículos Interculturais e Decoloniais pelos Indígenas

José Licínio Backes

Veja o Artigo

Resumo

O artigo analisa a percepção de professores indígenas com mestrado em Educação sobre conquista, protagonismo e resistência de seus povos para construção de um currículo intercultural e decolonial. Foram entrevistados professores indígenas com mestrado em Educação de diferentes etnias do Brasil, e a análise pautou-se nas reflexões teóricas da interculturalidade crítica e decolonialidade. A análise mostrou que, para os indígenas, o currículo intercultural e decolonial é um projeto, uma construção, algo que está sendo conquistado com o protagonismo e resistência dos povos indígenas. Com isso, reforçam sua percepção de que sua existência como povo, cultura e identidade se deve à sua histórica luta de não se dobrarem à lógica ocidental. Salienta-se que neste momento, de virada conservadora, a luta dos povos indígenas mostra cotidianamente que é possível educar na diferença, sem discriminar, valorizando e respeitando as identidades e as diferenças culturais.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2019. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões