Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Os Discursos sobre o Literário em Documentos de Referência Curricular Produzidos na Segunda Metade do Século XX no Brasil

Marilene Alves de Santana e Emerson Pietri

Veja o Artigo

Resumo

O objetivo do presente trabalho é o de caracterizar, em proposições curriculares produzidas na segunda metade do século XX, no Brasil, a posição atribuída à literatura na disciplina de língua portuguesa na escola básica de ensino fundamental. Fundamentando-se em análise de discurso de linha francesa, são analisados dois documentos de referência curricular representativos das inter-relações entre discursos oficiais, acadêmicos e pedagógicos no período de reorganização da escola pública brasileira. Os resultados evidenciam o reposicionamento da literatura nos discursos pela mudança no ensino de língua portuguesa, em relação à posição que lhe seria prescrita no ensino considerado tradicional: no contexto estudado, o texto literário se encontra em situação de concorrência com produções linguísticas não literárias, em processos interdiscursivos caracterizados pelo questionamento do caráter discriminatório que a literatura poderia assumir em práticas tradicionais de ensino. Nas propostas curriculares analisadas, observa-se a revalorização da literatura como instrumento para a inserção e a participação dos sujeitos na sociedade.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2019. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões