Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

O Processo Histórico de Construção do Currículo do Curso de Oceanologia e a Presença da Educação Ambiental nos Cursos de Oceanografia do Brasil

Luiz Carlos Krug, Luís Fernando Minasi e Cleuza Maria Sobral Dias

Veja o Artigo

Resumo

A formação em Oceanografia, surgida no Brasil em 1970 com a criação do curso de Oceanologia, tem sido referenciada pelas alterações curriculares ocorridas na FURG, de forma que o presente artigo, ao analisar e descrever o processo histórico de construção dos conteúdos deste curso em particular, com especial interesse no tema Educação Ambiental - EA, engloba também aqueles conhecimentos trabalhados nos cursos de outras instituições. Documentos analisados revelam que o currículo inicial do curso de Oceanologia era integrado pelas formações básica, geral e profissional com habilitações em Oceanografia Biológica e Geológica. O segundo currículo incluiu a formação complementar e alterou as habilitações para Recursos Naturais Renováveis e Gerenciamento Ambiental. O atual eliminou as habilitações, transformou a formação profissional em eletiva e incluiu um estágio fora da academia. Todos os cursos contemplam as Diretrizes Curriculares Nacionais da modalidade, embora ocorram variações de carga horária e de componentes. A EA está presente em parte dos cursos, realidade que deve mudar, em face das orientações das Diretrizes Curriculares Nacionais para a EA, o que propiciará a constituição de Educadores Ambientais no âmbito de todos os cursos de Oceanografia.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2019. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões