Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Emocionalização, algoritmização e personalização dos itinerários formativos: como operam os dispositivos de customização curricular?

Roberto Rafael Dias da Silva

Veja o Artigo

Resumo

O presente artigo visa produzir um conjunto de problematizações e elaborações críticas acerca da emergência e dos modos de operação dos dispositivos de customização curricular. Ao privilegiar a composição de currículos escolares ajustáveis aos perfis dos estudantes, que contemplem os interesses individuais destes sujeitos e garantam o protagonismo de suas escolhas, os critérios de seleção e organização dos conhecimentos escolares são posicionados desde novas configurações. Nas tramas do neoliberalismo, defende-se que os dispositivos de customização são movidos pela emocionalização pedagógica, pela algoritmização subjetiva e pela personalização dos itinerários formativos.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2017. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões