Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Currículo e conhecimento sob diferentes perspectivas teóricas

Márden de Pádua Ribeiro

Veja o Artigo

Resumo

O presente artigo aborda a centralidade do conhecimento para os estudos de currículo sob o ponto de vista de distintas concepções teóricas. Assim, o trabalho se apresenta como uma reflexão teórica amparada em pesquisa bibliográfica realizada por um grupo de pesquisa em currículo de uma instituição de ensino superior. Foram enfatizadas as concepções de três autores oriundos do campo do currículo: Michael Young, Antônio Flávio Barbosa Moreira e Carmen Tereza Gabriel. Todos eles possuem em comum a defesa da importância da temática do conhecimento para o campo do currículo, entretanto possuem abordagens teóricas distintas. Para a análise, debruça-se na perspectiva pós-fundacional de Carmen Gabriel, no conhecimento recontextualizado defendido por Antônio F. B. Moreira e no conceito de conhecimento poderoso, ressaltado pelo curriculista inglês Michael Young. O artigo sintetiza e analisa tais concepções dos autores, estabelecendo suas semelhanças e marcando suas diferenças, buscando ressaltar que tal pluralidade só tem a contribuir para o campo do currículo no Brasil.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2017. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões