Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Escrevivências e limites da identidade na produção de intelectuais negras

Iris Verena Oliveira

Veja o Artigo

Resumo

Este artigo ressalta a atuação das intelectuais negras no campo da educação tendo como escopo sua produção acadêmica e os vínculos com a luta pela implementação e acompanhamento da legislação voltada para educação antirracista. Ao destacar essa produção acadêmica evidencio a centralidade do conceito de identidade e sua importância na construção de uma perspectiva de negritude, vinculada às suas experiências em terreiros de candomblé, associações culturais e grupos do Movimento Negro organizado. Destaco as limitações dessa construção alicerçada na identidade racial, ao apresentar outras experiências de negritude e proponho a valorização da trajetória dos professores em seu processo de formação pela construção de práticas curriculares, atravessadas por invenções de si. Concluo que a perspectiva reguladora do currículo precipita o significante negro, reduzindo as possibilidades de apresentação no espaço escolar e, nesse sentido, a defesa da regulação pelo Estado fixando as possibilidades do ser negro, se aproxima da aparentemente oposta compreensão do conhecimento poderoso.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2017. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões