Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Currículo e deficiência intelectual: produções discursivas no contexto escolar

Glaucia Eunice Gonçalves da Silva

Veja o Artigo

Resumo

A inclusão de todas as pessoas na escola é um desafio que requer a capacidade de dialogar, negociar e transitar por caminhos desconhecidos, assumindo uma busca por ressignificar os sentidos da educação, de modo a entender os processos de construção de políticas curriculares inclusivas voltadas para a pessoa com deficiência. Nesse sentido, delimitou-se como objeto de estudo o currículo e a inclusão de pessoas com deficiência intelectual em uma escola municipal de Várzea Grande-MT. Optou-se por uma abordagem metodológica qualitativa a partir da Teoria do Discurso de Ernesto Laclau e Chantal Mouffe (2004). As narrativas apontaram que o currículo investigado é visto para além de grades, planos e disciplinas, porém a neutralidade política também é marcante no contexto investigado. Se pode evidenciar que o currículo que pretende incluir a pessoa com deficiência intelectual é um espaço discursivo cujos embates e articulações tendem a tensionar a escola que padroniza seus métodos pedagógicos e sua organização escolar voltada para as identidades hegemônicas da normalidade.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2017. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões