Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Problemas de Rendimento Escolar no Ensino Elementar Paulista: regulação dos tempos escolares e do trabalho docente (1925 a 1950)

Luciana Maria Viviani

Veja o Artigo

Resumo

Este trabalho tem como objetivo a análise de discursos sobre problemas de rendimento escolar presentes em revistas pedagógicas paulistas, com especial interesse em enunciados referentes à atividade de professores e à gestão do ensino elementar. Pretende-se verificar como a questão do aproveitamento escolar produziu-se, no período considerado, como um problema dos sistemas de ensino e mesmo da sociedade, que deveria ser equacionado com o apoio de saberes especializados. O conjunto de fontes considerado compreende a revista Educação (depois denominada Escola Nova e Revista de Educação), de 1927 até 1950, a Revista do Professor, de 1934 a 1939, e a Revista Escolar, entre 1925 e 1926. Dentre as formas discursivas identificadas para explicar e tentar superar o baixo rendimento escolar, encontram-se a ineficiência e a ausência de profissionais da educação nas unidades escolares. Os enunciados analisados convergem para propostas de reorganização das tarefas e dos tempos escolares, adequando os índices de reprovação aos contextos sociais e às populações atendidas, e criando políticas para a melhoria do rendimento escolar.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2014. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões