Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Políticas gerenciais em educação: efeitos sobre o trabalho docente

Andressa Aita Ivo e Álvaro Moreira Hypolito

Veja o Artigo

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar alguns dos efeitos sobre o trabalho docente, originados pelas políticas de gestão educacional na rede municipal de ensino de um município de porte médio do RS, que se apresentam com ênfase na meritocracia, nos índices educacionais e nas políticas de avaliação. Trata-se de uma pesquisa que perseguiu os pressupostos da abordagem qualitativa e que teve como contexto de investigação a Secretaria Municipal de Educação (SMED) e duas escolas da rede municipal de ensino. Os dados coletados provêm de entrevistas semiestruturadas realizadas, com três membros da equipe administrativa e pedagógica da SMED, três professores e dois membros da equipe gestora de cada escola. A análise dos dados nos mostrou o quanto as políticas educativas, implementadas pela SMED balizadas pelos índices e indicadores, com ênfase nos resultados, na produtividade e na responsabilização, têm influenciado as práticas pedagógicas no cotidiano escolar. Uma política orientada estritamente pelos índices e indicadores de qualidade, que regula o trabalho docente a partir do desempenho dos alunos, parece-nos estar longe de uma política realmente preocupada com a qualidade da Educação.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2014. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões