Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Tatuagens de Sentidos: memórias e invenções de si nos processos de formação docente

Alexandra Garcia e Graça Reis

Veja o Artigo

Resumo

O texto provém de pesquisas concluídas no campo dos Estudos do Cotidiano sobre o currículo e a formação de professores. Discute os processos de produção de subjetividades por meio de diferentes interlocuções na produção ordinária de nossos modos de compreender e praticar a docência nos currículos produzidos. Parte da compreensão de que os sentidos e os modos de Ser-professor estão permanentemente enredando-se e diferindo e que os processos de formação necessitam ser pensados a partir desses enredamentos permanentes de subjetividades, práticas e políticas que os constituem cotidianamente. Temos por objetivo abordar as práticas discursivas-culturais e as práticas político-pedagógicas que corroboram os sentidos de docência através da visibilização dos discursos e práticas emancipatórios não nomeados nos processos formativos. Assim, o texto narra e analisa experiências e estratégias desenvolvidas em práticas curriculares e processos formativos para discutir a contribuição do espaço-tempo dos encontros entre universidades e escolas nas produções político-pedagógicas voltadas para a formação docente.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2014. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões