Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Reflexões acerca da Contextualização dos Conteúdos no Ensino da Matemática

Marisa Rosâni Abreu da Silveira, Janeisi de Lima Meira, Evandro dos Santos Paiva Feio e Valdomiro Pinheiro Teixeira Junior

Veja o Artigo

Resumo

Este texto tem o objetivo de refletir sobre a aposta de alguns professores na contextualização dos conteúdos da matemática para o sucesso no seu ensino e aprendizagem. Para tanto, apontamos algumas implicações da visão utilitária da matemática por parte de teóricos, professores e alunos. Entendemos que essa visão limita as possibilidades de ensino e de aprendizagem, pois o sentido dado à matemática passa a ser dependente de aspectos empíricos e/ou úteis. Em seguida, apresentamos a questão das aplicações da matemática na perspectiva do filósofo Ludwig Wittgenstein e um de seus comentadores, para mostrar que, segundo essa filosofia, as proposições matemáticas não são empíricas. Por fim, discutimos a questão da visão utilitária da matemática na formação de futuros professores a partir de uma experiência com licenciandos da Universidade Federal do Pará. Os sujeitos da pesquisa apontaram aplicações empíricas da matemática como solução para o seu ensino, o que insinua que a matemática está presente no mundo concreto e que seus conceitos nascem da experiência. Entendemos que esta visão da matemática pode comprometer a prática de sala de aula, por desconsiderar os aspectos específicos do seu campo de saber, tais como, autonomia e independência de aplicações práticas.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2014. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões