Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Currículo e Saber Histórico Escolar: o ensino da história pátria nos programas do estado de Santa Catarina no início do século XX

Luciana Rossato

Veja o Artigo

Resumo

O início do século XX no Brasil é marcado por mudanças econômicas, políticas, sociais e educacionais. Em Santa Catarina, a partir de 1911, inicia-se a Reforma Orestes Guimarães que marcará a educação no estado, com a reestruturação do sistema de ensino, a construção de novas escolas e a instituição de novos programas de ensino. A partir da análise dos conteúdos de história listados nos Programas de Ensino de 1911 e 1914 temos como objetivo analisar quais conhecimentos históricos sobre o Brasil e sobre Santa Catarina foram escolhidos para serem ensinados, e através de quais metodologias, nas séries iniciais. As discussões sobre currículo apregoam que este é histórico, produto de seu tempo e que a seleção do que ensinar envolve selecionar valores, habilidades e saberes e passa por mudanças de acordo com os interesses e as disputas de poder de cada contexto histórico. Este artigo é recorte da pesquisa “Memória coletiva e saber histórico escolar: o ensino de História de Santa Catarina no século XX / início do século XXI” (FAED/UDESC - 2008/2010) no qual nos propomos a investigar a construção dos saberes históricos escolares e sua relação com a constituição de uma memória coletiva.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2012. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões