Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Corpo Escola: currículo vibrátil e pedagogia da carne

Aldo Victorio Filho

Veja o Artigo

Resumo

Este texto pretende articular reflexões a respeito das práticas educacionais frente às condições contemporâneas de trânsito e assédio de informações e imagens visuais que participam ativamente da formação dos estudantes e afastam aspectos que, aqui defendidos como fundamentais à atualidade da educação, envolvem e se concentram na presença do corpo vivo, e em ação, de professores e estudantes. Partindo da perspectiva de pesquisa do cotidiano aventamos os espaços e tempos das práticas realizadas na dia-a-dia como fonte epistêmica indispensável à formação humana dos tempos atuais, para tanto e, portanto, defendemos a convocação do corpo insofismável como recurso pedagógico e poético em benefício de um currículo vibrátil e efetivamente afetivo, ou seja, que na dispensa dos saberes alcançáveis por meio das tecnologias da comunicação e meios afins invista na tecnologia da afetação, da carne, da pele e dos corpos pessoais e coletivos.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2012. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões