Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Materiais Mediadores e Abertos para Construção de Conhecimento – MARABERTO: quem os produz, para quem
são produzidos e eles pertencem a quem? Qual a relação deles com o currículo?

Fernando José de Almeida, Maria da Graça Moreira da Silva e Monica M. Gardelli Franco

Veja o Artigo

Resumo

A sociedade do conhecimento, ou a sociedade do saber, mediada pelas tecnologias da informação e comunicação, está para ser construída. Aí está o sentido deste artigo: trazer reflexões, sugestões de processos produtivos e de programas para sua construção. Parte-se da constatação de que a escola tem papel fundamental na construção desta sociedade e que, para tanto, há que se elucidar algumas de suas dimensões curriculares. A função crítica dos professores são elementos a serem contemplados na elaboração deste currículo. Os códigos abertos são elementos-chave nesta exposição de ideias e na formação de políticas sólidas na área. Por isso, propõe-se, neste artigo, a criação de uma metodologia de produção de materiais mediadores educacionais abertos para a aprendizagem elaborados por professores, financiados pelo Estado e cujos resultados finais estariam abertos, embarcáveis e em múltiplas mídias e tecnologias, acessíveis e livres para todas as escolas brasileiras para serem utilizados, aperfeiçoados, remixados e divulgados.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2012. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões