Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Inovação Educacional num Currículo Emancipatório: um estudo de caso de um jovem adulto

Conceição Pires Courela e Margarida Alexandra Piedade da Silva César

Veja o Artigo

Resumo

Apresentamos um currículo do 3.º ciclo do ensino básico recorrente (7.º ao 9.º ano de escolaridade), em alternativa ao sistema de ensino por unidades capitalizáveis (SEUC). Analisamos os seus contributos para a inclusão escolar e social dos participantes, em especial de um jovem que designamos por Ernesto. Destacamos o papel do trabalho de projeto colaborativo nas práticas pedagógicas, tornando-as facilitadoras da emergência e desenvolvimento de uma comunidade de aprendizagem (Lave & Wenger, 1991). Este trabalho insere-se no projeto Interacção e Conhecimento (IC) que, durante doze anos (1994/95-2005/06), estudou e promoveu interações sociais em cenários de educação formal. Assumimos uma abordagem interpretativa, tendo desenvolvido um projeto de investigação-ação (3 anos), seguido de um follow up que se encontra no nono ano de realização. Durante o follow up desenvolvemos estudos de caso, como o do Ernesto. A comunidade educativa construiu um currículo único para o curso que o Ernesto e os colegas concluíram. Para ele, este percurso facilitou a inclusão escolar e social, bem como o desenvolvimento de capacidades e competências sociocognitivas e emocionais, que lhe permitiram melhorar a trajetória de participação ao longo da vida (César, in press b).

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2011. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões