Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

A Desconstrução das Representações Coloniais sobre a Diferença Cultural e a Construção de Representações Interculturais:
um desafio para a formação de educadores

José Licínio Backes e Ruth Pavan

Veja o Artigo

Resumo

O objetivo do artigo é refletir sobre as representações que foram construídas no contexto da colonização sobre as diferenças culturais, analisando se essas representações ainda são utilizadas para representar as diferenças, mais especificamente, se são utilizadas pelos/as acadêmicos/as de Pedagogia para representar as crianças indígenas. Apontamos também que, para a desconstrução das representações, é fundamental que os processos formativos sejam pautados na interculturalidade, isto é, que os cursos de formação de educadores tenham como central o debate sobre os processos de produção das identidades e diferenças, com o intuito de mostrar que as perspectivas de contemplar as diferenças, evitando-se os processos de discriminação e inferiorização, não passam pelo tratamento normal/igual, e sim pela problematização e questionamento das relações de poder responsáveis pela hierarquização e assimetria entre os grupos culturais, o que tem como uma das consequências a distribuição desigual dos bens sociais.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2011. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões