Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Lenguas indígenas en el Paraguay y políticas linguísticas

Bartomeu Melià, s.j.

Veja o Artigo

Resumo

O artigo discorre sobre os povos indígenas no Paraguai, as línguas por eles faladas e as políticas lingüísticas colocadas em curso, tanto pelos próprios guaranis e outros atores sociais que com eles atuam e apóiam suas lutas historicamente, quanto por instâncias governamentais. Discute a prática do bilingüismo e suas implicações entre os diferentes povos indígenas que vivem no país, bem como a escrita das línguas indígenas, potencializada por diferentes experiências de educação escolar indígena, destacando dados que mostram nuances desta realidade em regiões como o Chaco paraguaio. Parte do pressuposto que a língua guarani é uma das línguas de maior tradição literária na América do Sul, sendo que os primeiros escritos remontam o início do século XVII. Destaca, também, as variedades da língua guarani, constatando que essa variedade faz parte da consciência que os próprios guarani têm de si, de se reconhecerem e de se distinguirem pelo modo de falar.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2011. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões