Navigation
Mapa
Currículo sem Fronteiras
 
   
 Revista para uma educação crítica e emancipatória   ISSN 1645-1384

Povos indígenas na rede das temáticas escolares: o que isso nos ensina sobre identidades, diferenças e diversidade?

Iara Tatiana Bonin

Veja o Artigo

Resumo

Neste artigo analiso algumas implicações da incorporação da temática indígena como um assunto escolar, sustentada em noções de diversidade e de inclusão das “minorias étnicas” tão em voga dos discursos pedagógicos contemporâneos. Discuto também o conceito essencialista de diversidade, valendo-me de um campo teórico que acentua o caráter constitutivo da linguagem e da cultura, para o qual interessam as relações de poder e de saber que caracterizam e posicionam os sujeitos em identidades e diferenças, que não são nunca fixas, estáveis ou “naturais”. Mais do que estabelecer fronteiras para demarcar o lugar dos povos indígenas e dizer como são ou como devem ser, interessa pensar sobre as verdades de que nos valemos para definir o que consideramos bom ou mau, certo ou errado, indispensável ou descartável, adequado ou inadequado, tolerável ou intolerável na conduta destes “outros”.

 

 

 
 
Todos os direitos reservados - Currículo sem Fronteiras 2011. Na eventualidade de enfrentar problemas no acesso a esta página, contate: webmaster@curriculosemfronteiras.org
 
 
       
English Busca Sugestões